As bandeiras que a gente dá

“Puxa, quem diria, o conservadorismo italiano está ficando para trás”, pensei eu, sem nenhuma intenção de trocadilho, ao perceber, há alguns anos, em Milão, uma enorme quantidade de bandeiras multicores, até em janelas de onde se podiam ver, sorridentes, casais de velhinhos que miravam a rua.

Eram bandeiras progressistas, mas de outra trincheira. No meio delas vinha a palavra “PACE”, PAZ em italiano, e elas representavam a coalizão de forças políticas no país contra a invasão do Iraque, promovida, como sabem, para acabar com as armas de destruição em massa que Sadam Hussein nunca teve.

Naquela época, via-se o erro, mas nem se imaginava o desastre em que daria a cruzada de George Bush: implosão o Iraque, fiasco da intervenção americana, ascensão dos xiitas no país e marginalização dos sunitas, multiplicação de grupos extremistas na região, o Estado Islâmico, essas coisas. Em Milão, eu me encantava com as bandeiras. Por coincidência, à saída do metrô, um camelô, imigrante marroquino, me ofereceu uma por €5,00 , que comprei e botei pendurada na trave do teto do ateliê cá em casa, no cerrado. Confesso, para explorar maliciosamente a ambiguidade do arco-iris.

E, tempos depois, o lábaro que ostentávamos multicolorido deixou curioso um grupo de amigos de meus filhos, que notou a bandeirinha pendendo acima de suas cabeças, a caminho da churrasqueira:

“Ué, por que vocês têm em casa a bandeira do movimento gay?”

E meu filho, displicentemente:

“É coisa do meu pai.”

Anúncios

Sobre sergioleo

Escritor, Jornalista, artista plástico
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s